Em 2024 estreámos uma nova iniciativa na Comunidade ChildDiary: as Tertúlias para Direções ChildDiary. A 1ª edição surgiu com o tema “Boas práticas de gestão dos familiares com acesso à ChildDiary.”

  • Promover a partilha de experiências e conhecimentos sobre a utilização da ChildDiary.
  • Identificar boas práticas de utilização da ChildDiary que podem ser implementadas nas instituições.
  • Fornecer ferramentas para a otimização da utilização da plataforma nas instituições.

A nossa primeira convidada foi Raquel Henriques, coordenadora pedagógica do CSPD do Sobralinho, que partilhou connosco boas práticas de utilização da ChildDiary para gerir os familiares com acesso à plataforma. Perdeu esta tertúlia? 

Partilhamos consigo algumas ideias!

Na sua apresentação, a Raquel guiou-nos na sua prática, desde o momento em que uma família matricula uma criança no CSPD do Sobralinho, até à sua transição para outra escola.

Na sua organização, cria dois processos (administrativo e pedagógico) e utiliza as categorias para tornar o seu trabalho de coordenação mais eficaz.

Partilha de práticas

No primeiro contacto com a família, é feita a apresentação do equipamento e da ChildDiary enquanto ferramenta pedagógica e de comunicação com as famílias. A coordenadora acolhe uma nova família, realiza uma visita ao equipamento e apresenta a plataforma.

Entrevista da educadora à família e criação do perfil da criança na ChildDiary

Numa reunião agendada, a educadora apresenta-se à família e, a partir de uma conversa/entrevista, regista informações importantes sobre a criança. No final da reunião, cria o perfil da criança ChildDiary e adiciona os familiares com acesso. Gera também os códigos QR para os familiares sem acesso.

Organização do processo pedagógico da criança

Numa parceria entre a educadora, as auxiliares e a coordenadora, cria-se o processo pedagógico da criança. No dia-a-dia, registam rotinas, trocam mensagens com a família, partilham registos das atividades e projetos, elaboram as avaliações, …)

Organização do processo administrativo da criança

Sempre que necessário, a equipa envia à família circulares, partilha a ementa semanal, agenda reuniões, atualiza os dados da criança e da família, …

Supervisão dos processos

A coordenadora, através das categorias que define, acede a todos os conteúdos criados para garantir a qualidade do serviço que o CSPD do Sobralinho presta às famílias.

Transição

Quando a criança transita para outra escola, o seu perfil mantém-se uma semana ativo e, após esse período, é apagado. Sempre que necessário, a coordenadora acede ao histórico.

A Raquel destacou que os técnicos do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, nas visitas de acompanhamento, reconhecem o potencial da ChildDiary para manter a organização dos processos.

Partilhas de outras direções participantes:

Mobilização da Equipa Educativa: Explorar diferentes abordagens para que a equipa se familiarize e utilize a ChildDiary de forma eficaz. Criar um plano de implementação para garantir o domínio da plataforma, de acordo com os diferentes perfis profissionais.

Distribuição de Tarefas: Definir claramente as funções e as responsabilidades de cada elemento da equipa que utiliza a app, num trabalho articulado entre gestão, secretaria, educadores e assistentes, assegurando a otimização do trabalho de todos. 

Inspeções e Visitas de Acompanhamento: Preparar antecipadamente os processos administrativo e pedagógico, fundamentando as decisões e evidenciando a utilização eficiente da ChildDiary. Estabelecer um diálogo aberto e transparente com os técnicos representantes das tutelas durante as inspeções e visitas de acompanhamento.

Operacionalização dos processos na Plataforma: Desenvolver modelos flexíveis e adaptáveis para os documentos exigidos pelas tutelas na plataforma. Participar nas iniciativas da Comunidade ChildDiary para refletir com outras equipas sobre boas práticas de utilização da app que podem ser implementadas nas instituições.

Envolvimento dos Pais na App: Abordar os comentários das famílias de forma proativa e recetiva, identificando oportunidades de melhoria. Manter uma comunicação aberta e transparente com as famílias para esclarecer dúvidas e fornecer feedback mútuo construtivo. Implementar funcionalidades atrativas e interativas na app para incentivar a participação dos pais. Oferecer informações relevantes e personalizadas sobre a jornada de aprendizagem das crianças, eventos escolares e outros temas de interesse.

Em Resumo deixamos algumas dicas de boas práticas de gestão das famílias na ChildDiary: 

  1. O Primeiro contacto conta! Realize uma visita ao equipamento e apresente a plataforma ChildDiary como ferramenta para a comunicação e trabalho Pedagógico
  2. Apresentação da Equipa de sala. Neste momento a família conhece a pessoa responsável pela sua criança. É importante que aconteça com tempo, num espaço acolhedor para proporcionar uma conversa agradável. Este passo é fundamental para o início da construção de uma relação entre a equipa pedagógica e a família. É também neste momento que o educador preenche a Anamnese, cria o perfil da criança na ChildDiary, adiciona os familiares com acesso e, ainda, gera os códigos QR para os familiares sem acesso.
  3. Construir e solidificar o sentimento de pertença. No quotidiano pedagógico os profissionais de educação utilizam a ChildDiary para registar rotinas, trocar mensagens com a família, partilhar registos das atividades e projetos, elaborar as avaliações, entre outros. É assim que consolidam a relação com as famílias, não substituindo o contacto pessoal de todos os dias. Educadores, auxiliares, coordenadores e direções contribuem para o sentimento de pertença da à escola.
  4. Na hora do Adeus. Reforce junto das suas famílias o período em que a criança ainda fica ativo na vossa app. Após esse tempo os pais e as escolas ficam com acesso a todos o processo da criança (pedagógico e administrativo) PARA SEMPRE!


Ariana Oliveira
Educadora e Especialista de Apoio Ao Cliente

Teresa Gonçalves

Educadora e Especialista de Apoio ao Cliente

Gostava de agilizar os processos da sua instituição como todas estas direções e fazer parte de uma comunidade educativa dedicada à melhoria pedagógica?

Não perca mais tempo, junte-se a nós!