Porque levar trabalho para casa é algo que não deve fazer - Educadora cansada

Com o começar de mais um ano letivo (re)começam também as novidades. Novas crianças, novas salas, novas avaliações diagnósticas, novos projetos, e muitas outras tarefas inerentes à profissão docente e que são, algumas vezes, menosprezadas.

Contudo, é importante que tenhamos em conta que uma correta gestão do tempo e das tarefas é essencial, de forma a que não tornemos a nossa casa numa extensão da nossa profissão.

A importância de não levar trabalho para casa

Pois bem, ser educador de infância é algo que exige mais de nós do que a grande maioria das pessoas imagina. Contudo, é de extrema importância que consigamos ter um equilíbrio entre a nossa vida pessoal e profissional.

Ser educador nem sempre é fácil e todos temos aquela capacidade de dar sem esperar nada em troca, e esse é o principal motivo pelo qual no final de cada ano letivo estamos, muitas vezes, completamente esgotados física, psicológica e emocionalmente.

Assim sendo, é importante que adotemos algumas estratégias que nos facilitem a vida este ano. Descubra 4 de seguida.

1. Tenha tempo para si

As aulas começam dentro de poucos dias (para alguns até já começaram), e as férias vão ser uma lembrança distante. Assim, é importante que faça uma correta gestão do seu dia de forma a conseguir ter algum tempo para si. Por exemplo, uma pausa de 10 minutos para café ou uma peça de fruta enquanto as crianças brincam livremente no recreio pode ser uma boa ideia.

É importante que alinhemos as nossas expectativas e que percebamos que tudo aquilo que planeamos fazer num dia, muito provavelmente não será feito na sua totalidade. Como educadores afirmamos firmemente que temos que respeitar o ritmo de cada criança, mas, na verdade, não nos podemos esquecer do nosso próprio ritmo também!

Porque levar trabalho para casa é algo que não deve fazer - Educadora a descansar em casa

2. Perceba quando é que tem mesmo de trabalhar

Sabemos que num mundo ideal não deveríamos trazer trabalho para casa e ponto final. Mas o nosso mundo nas creches e jardins-de-infância não é bem assim e é muito comum andarmos carregados com dossiers de um lado para o outro a completar portfólios no sofá, em casa, com a família em redor, certo?

É importante que se estabeleça um número máximo de noites ou fins de semana que terá mesmo de trabalhar. Ou seja, gerir prioridades é tarefa fundamental na nossa profissão.

Nunca se sinta culpado de aproveitar o fim de semana para estar com pessoas de quem gosta e fazer atividades que todas as outras pessoas fazem quando estão de folga ainda que isso implique deixar algum trabalho por fazer.

3. Adira às Novas Tecnologias

Há no mercado várias ferramentas digitais que nos podem ajudar na planificação e elaboração do trabalho em tempo útil. O Pinterest por exemplo é um excelente local para pesquisar ideias de outras colegas que já trabalharam a temática que está à procura. A Porto Editora tem disponível um espaço para Educadores de Infância onde podemos pesquisar imensos recursos, o que nos poupa tempo em pesquisa. O calendário da Google é uma ferramenta indispensável para a gestão do nosso tempo e a grande vantagem reside no facto de ser acessível no telemóvel. A qualquer hora podemos aceder ao nosso calendário e planear o nosso dia e gerir as nossas atividades/projetos.

ChildDiary é outra ferramenta que lhe permite poupar tempo, neste caso com a papelada. Trata-se de uma plataforma digital que permite reduzir tempo com as avaliações, o registo de rotinas diárias (alimentação, assiduidade, sestas, higiente, etc)  em sala e a elaboração de portfólios individuais e de grupo com recurso a múltiplos tipos de evidência: video, audio, fotografia, etc.

Sim, isto quer dizer que já não precisa de carregar portfólios de um lado para o outro e que já não perderá mais tempo (e dinheiro!!!) com impressão de fotografias e afins. 

Porque levar trabalho para casa é algo que não deve fazer - Grupo em acampamento

4. Tente aproveitar o seu tempo da melhor maneira

Pois bem, contrariamente ao contrário do que se possa pensar, trabalhar mais horas não é sinal de produtividade. O descanso é fundamental para continuarmos a ser produtivos.

É fundamental definir um limite de tempo para o trabalho letivo e, que evite a todo o custo que o seu dia profissional tenha mais de 8 horas. Simplificar é a palavra-chave!

Acredite que um software focado nas suas necessidades pode facilitar a sua vida e a comunicação com as famílias que como sabemos é parte fundamental do nosso trabalho.

Estabeleça nas suas rotinas diárias tempo para si, para a realização de atividades que lhe permitam “desligar” das preocupações profissionais e que lhe proporcionem satisfação pessoal. Estar equilibrado emocional e psicologicamente é essencial para o bom desempenho das nossas práticas.

Siga as nossas dicas neste regresso às aulas e vai ver que será muito mais simples ter um ano calmo e não chegar a junho completamente esgotado.

Crie GRÁTIS a Sua Conta ChildDiary!

  • Plano individual grátis para sempre!

  • Sem custos ou obrigações. Cancele quando quiser!

  • Conta privada e só quem você convidar terá acesso

  • De acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados

Se é Encarregado de Educação, por favor NÃO PREENCHA este formulário. Em vez disso, entre em contacto com a sua instituição.






    PrivadoIPSSPúblico



    Educador de InfânciaCoordenação PedagógicaDireção
    Nota: Se é Encarregado de Educação, por favor NÃO PREENCHA este formulário. Em vez disso, entre em contacto com a sua instituição.



    A sua password tem de ter pelo menos uma letra maiúscula, um número e seis caracteres. Exemplo: Portugal1234